Thiago de Mello: Decreta-se que nada será obrigado nem proibido,...

Thiago de Mello: Decreta-se que nada será obrigado nem proibido,...

Decreta-se que nada será obrigado
nem proibido,
tudo será permitido,
inclusive brincar com os rinocerontes
e caminhar pelas tardes
com uma imensa begônia na lapela.

Só uma coisa fica proibida:
amar sem amor.

Veja também