René Descartes: Dubito, ergo cogito, ergo sum. (Eu duvido, logo...

Veja também