Nietzsche: A felicidade é frágil e volátil, pois, só é...

Nietzsche: A felicidade é frágil e volátil, pois, só é...

A felicidade é frágil e volátil, pois, só é possível senti-la em certos momentos. Na verdade, se pudéssemos vivenciá-la de forma ininterrupta, ela perderia o valor, uma vez que só percebemos que somos felizes por comparação.

Veja também