Mário de Andrade: Quando tu passas ligeira, Sozinha e alegre, a...

Mário de Andrade: Quando tu passas ligeira, Sozinha e alegre, a...

Quando tu passas ligeira,
Sozinha e alegre, a cantar,
Eu, que choro a vida inteira,
Eu rio em vez de chorar.

Veja também


Mário de Andrade: Não devemos servir de exemplo a...

Não devemos servir de exemplo a ninguém. Mas podemos servir de lição.

Mário de Andrade Nota: A lição do amigo: cartas de Mário de Andrade a Carlos Drummond de Andrade, anotadas pelo destinário" - Página 201, de Mário de Andrade, Carlos Drummond de Andrade , Livraria José Olympio Editora, 1982