Luís de Camões: O amor é uma dor que desatina sem doer.

Veja também