Gabito Nunes: Se quiser vir, que seja sem esse...

Gabito Nunes: Se quiser vir, que seja sem esse...

Se quiser vir, que seja sem esse egoísmo tão “século-vinte-um” de trilhar caminhos pela metade, escapar pelos canteiros e me deixar falando pelos cantos. Se for pra calar minha boca, vem. Se for pra reescrever minha vida, vem. Mas que seja à caneta.

Temas Relacionados

Textos de Gabito Nunes

Veja também