Fernando Sabino: De tudo, ficaram três coisas: a certeza de que...

Fernando Sabino: De tudo, ficaram três coisas: a certeza de que...

De tudo, ficaram três coisas: a certeza de que ele estava sempre começando, a certeza de que era preciso continuar e a certeza de que seria interrompido antes de terminar. Fazer da interrupção um caminho novo. Fazer da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sono uma ponte, da procura um encontro.

Veja também