Fernando Pessoa: Quanto amei ou deixei de amar, é a mesma saudade...

Veja também


Hoje não há mendigo que eu não inveje só por não ser eu.

Fernando Pessoa Nota: Trecho do poema "Tabacaria" de Álvaro de Campos, heterónimo de Fernando Pessoa. Link