Eugênio de Castro: Três da manhã. Desperto incerto... E...

Eugênio de Castro: Três da manhã. Desperto incerto... E...

Três da manhã. Desperto incerto... E essa quermesse? E a Flor que sonho? e o sonho? Ah! tudo isso esmorece! No meu quarto uma luz luz com lumes amenos, Chora o...

Veja também