Eugênio de Castro: Mal enche o berço, mas como o sonho, /...

Eugênio de Castro: Mal enche o berço, mas como o sonho, /...

Mal enche o berço, mas como o sonho, / Enche de luz a vida tenebrosa!

Veja também