Esopo: A Cigarra e a Formiga Fábula de ESOPO Num belo...

Esopo: A Cigarra e a Formiga Fábula de ESOPO Num belo...

A Cigarra e a Formiga
Fábula de ESOPO

Num belo dia inverno as formigas estavam tendo o maior trabalho para secar suas reservas de comidas. Depois de uma chuvarada, os grãos tinham ficado molhados. De repente aparece uma cigarra:
_Por favor, formiguinhas, me dêem um pouco de comida!
As formigas pararam de trabalhar, coisas que era contra seus princípios, e perguntaram:
_Mas por quê? O que você fez durante o verão? Por acaso não se lembrou de guardar comida para o inverno?
Falou a cigarra:
_Para falar a verdade, não tiva tempo. Passei o verão todo cantando!
Falaram as formigas:
_Bom... Se você passou o verão todo cantando, que tal passar o inverno dançando? E voltaram para o trabalho dando risadas.

Moral da história:
Os pregiçosos colhem o que merecem.

Veja também


Unidos venceremos. Divididos, cairemos.

Esopo Nota: A autoria do pensamento tem vindo a ser erroneamente atribuída a Bob Marley. Trata-se da moral da história da fábula "O leão e os 3 bois" de Esopo.