Calderón de la Barca: Nunca o favorecido ama tanto quanto o desprezado.

Veja também