Albert Dietrich: Há, talvez, muitas causas pelas quais vale...

Albert Dietrich: Há, talvez, muitas causas pelas quais vale...

Há, talvez, muitas causas pelas quais vale a pena morrer, mas para mim, certamente, não há nenhuma que justifique matar.

Veja também